JudiciA?rio gaA?cho Ai?? premiado por sua produtividade

ornecidos pelo Conselho Nacional de JustiAi??a (CNJ), visando a contribuir para o aprimoramento das instituiAi??Ai??es judiciA?rias.O IDJus e o levantamentoAi??JustiAi??a em NA?meros, elaborado pelo CNJ, sA?o considerados os mais importantes diagnA?sticos de desempenho do Poder JudiciA?rio.A aferiAi??A?o do A?ndice de Desempenho da JustiAi??a Ai?? elaborada com base em trA?s dimensAi??es: gestA?o orAi??amentA?ria, gestA?o de recursos e gestA?o de processos. Os temas analisados envolvem despesas, receitas, recursos humanos, tecnologia, litigiosidade e produtividade.O presidente Aquino afirmou que a conquista reitera a dedicaAi??A?o e a criatividade que caracteriza o quadro do Poder JudiciA?rio do Rio Grande do Sul. ai???O aumento vertiginoso da demanda processual nA?o Ai?? fator de acomodaAi??A?o para nossos servidores e magistrados, sempre incansA?veis na busca de soluAi??Ai??es para o aperfeiAi??oamento da prestaAi??A?o jurisdicionalai???. O magistrado lembrou ainda da manutenAi??A?o de prA?ticas modernas e profissionais de gestA?o ao longo das diversas AdministraAi??Ai??es.O desembargador JosAi?? Aquino FlA?res de Camargo enfatiza que o Poder JudiciA?rio tem buscado alternativas financeiras para racionalizar recursos. ai???Prova disso sA?o as receitas prA?prias, que cresceram de 8,76% do total do orAi??amento em 2007, para 20,67%, em 2014. Isso Ai?? resultado de um conjunto de medidas voltadas Ai?? otimizaAi??A?o de rotinas e modernizaAi??A?o de prA?ticas jA? existentesai???, exemplifica.Fonte: http://www.ajuris.org.br/2015/06/29/20690/